Descrição

Síndico: Aquele que é escolhido para zelar ou defender os interesses de condomínio.”

Cada vez mais os condomínios estão buscando os serviços de síndico profissional, os motivos são os mais diversos e são muitos os aventureiros.

Como Síndica Profissional, explano a dedicação e esforço que é necessário para gerir o condomínio, que não é fácil e que são necessários vários conhecimentos, e uma grande experiência em gestão de negócios e pessoas. Elenca alguns atributos para se tornar um bom sindico: 1. Avaliar se realmente tem disponibilidade e boa vontade para se dedicar ao condomínio; 2. Estudar a gestão atual: o que está bom e deve ser mantido? O que deve mudar? 3. Conhecimentos de gestão de pessoas, contabilidade, direito ou áreas afins; 4. Características: saber ouvir, delegar funções, ser organizado, paciente, bom comunicador.

Pelo Código Civil, Art. 1.348. Compete ao síndico:

I – convocar a assembleia dos condôminos;

II – representar, ativa e passivamente, o condomínio, praticando, em juízo ou fora dele, os atos necessários à defesa dos interesses comuns;

III – dar imediato conhecimento à assembleia da existência de procedimento judicial ou administrativo, de interesse do condomínio;

IV – cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia;

V – diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores;

VI – elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano;

VII – cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas;

VIII – prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas;

IX – realizar o seguro da edificação.

§ 1o Poderá a assembleia investir outra pessoa, em lugar do síndico, em poderes de representação.

§ 2o O síndico pode transferir a outrem, total ou parcialmente, os poderes de representação ou as funções administrativas, mediante aprovação da assembleia, salvo disposição em contrário da convenção.

O trabalho será realizado parte no local e parte remotamente, com visitas rotineiras ao condomínio do síndico ou de um administrador de condomínios em horários alternados que fará a inspeção de limpeza, postura dos funcionários, acompanhamento do atendimento aos procedimentos etc.

Autor